Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Consulte nossa Política de Privacidade.

Prossegur
Blog da AUGE

Navegue e descubra tudo o que você precisa para alcançar o próximo nível...

Imagem de destaque do Artigo: Gestão de Riscos: O que é, Qual a Importância e os Benefícios de Sua Aplicação?

Gestão de Riscos: O que é, Qual a Importância e os Benefícios de Sua Aplicação?

31/05

Gestão de Riscos: O que é, qual a Importância e os Benefícios de Sua Aplicação?. Neste artigo, explico a você o que é a gestão de riscos e quais benefícios esse estilo de gestão pode trazer para sua empresa. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!

Conteúdo:

Vivemos na Era da Comunicação e da Tecnologia, onde inovações surgem a cada dia, impactando o dia a dia das pessoas e das empresas, e onde existe uma exigência muito grande de um novo posicionamento daqueles que desejam seguir essa tendência.

Por essa razão, a gestão de riscos se tornou indispensável no âmbito empresarial, principalmente considerando o cenário pelo qual o mundo está passando, onde não existem certezas, e com medidas restritivas para conter o avanço do vírus.

Neste artigo, eu explico a você o que é a gestão de riscos e quais benefícios esse estilo de gestão pode trazer para sua empresa. Vamos lá?!

O Que é Gestão de Riscos?


A gestão de riscos são atividades executadas em conjunto que visam o gerenciamento e o controle das possíveis ameaças para uma empresa, independente da sua manifestação.

Para realizar esse tipo de gestão é necessário muito planejamento, onde o empresário deve se basear no mapa estratégico da empresa e na utilização de recursos de outras áreas, como o setor Estratégico de Recursos Humanos, além de materiais necessários para mitigar esses riscos.

Essa é uma estratégia necessária para qualquer empresa, em que é desenvolvido um trabalho de prevenção, ou seja, antecipação aos fatos, considerando as atividades praticadas pela empresa.

A gestão de riscos procura estimular um comportamento mais dinâmico, de forma que seja possível responder rapidamente aos eventos, às mudanças e às incertezas geradas por cenários em que existe a probabilidade de ocorrer um problema.

A prática desse estilo de gestão também requer um sistema de monitoramento para acompanhar os números e acontecimentos que podem ter relação com a empresa, e com as suas atividades.

Qual o conceito de risco?


Os riscos são condições ou acontecimentos que podem se concretizar/materializar, causando impactos geralmente negativos para uma empresa ou para um projeto, ou qualquer atividade, que possa ter consequências negativas ou danos.

A conceituação do risco considera a probabilidade de materialização do risco e a frequência com que ele possa ocorrer, e, se ocorrer, qual será a gravidade.

É possível classificar o risco em naturezas, como:

  • Econômico;
  • Financeiro;
  • Legal;
  • Reputação;
  • Financeiro;
  • Social.

As empresas lidam com várias naturezas de riscos em seus negócios, porém algumas empresas possuem operações com mais riscos do que outras.

Uma empresa que, por exemplo, atua com a bolsa de valores está bem mais suscetível a riscos financeiros, econômicos e de reputação do que outras empresas. Outro exemplo é o de empresas que lidam com questões ambientais como as indústrias. Essas empresas possuem, além do risco financeiro e econômico, o risco legal e em alguns casos, o social também.

Quais São os Tipos de Riscos?


O risco pode ser como uma incerteza de ocorrência de um fato, um desvio ou um efeito causado por uma determinada ação, que pode vir a acontecer ou não.

Sendo assim, o risco pode ser um evento, uma consequência, uma condição futura ou até mesmo uma circunstância. Diariamente, as empresas lidam com uma série de riscos ao longo das tomadas de decisões.

Confira alguns exemplos de riscos:

  • Acidentes trabalhistas;
  • Acidentes ambientais;
  • Fraudes financeiras;
  • Perda de colaborador;
  • Evento que pode causar comprometimento na imagem na marca no mercado;
  • Problemas de logística;
  • Baixa de estoque;
  • Acidentes naturais;
  • Aumento de custos;
  • Processos judiciais.

Esses são alguns exemplos de riscos associados aos negócios, mas cada empresa trabalha com uma série de riscos que fazem parte do seu negócio.

O reconhecimento da origem é muito importante, porém não é o papel da gestão de riscos encontrar justificativas. A gestão precisa garantir que eles não sejam convertidos em consequências negativas para a empresa (combater a causa raiz do risco é uma das melhores estratégias).

E se já tiver sido convertido, ou seja, caso o risco tenha se concretizado em um problema real, deve existir um trabalho de amenizar as consequências, administrando a crise e iniciando uma sequência de ações para evitar que elas se repitam no futuro.

Eventos naturais também podem materializar os riscos em perdas, como, por exemplo, terremotos, deslizamentos, enchentes, entre outros.

Quais são os Benefícios de Implementar a Gestão de Riscos na sua Empresa?


Os ganhos para as empresas que implementaram a gestão de riscos em sua operação são incontáveis, já que ela consegue monitorar e prever riscos que estejam inerentes ao seu negócio.

Em outras palavras, a gestão de risco consegue prever, mitigar ou se preparar, para caso ocorra a concretização de um determinado risco.

Confira alguns benefícios em relação à implementação da gestão de riscos na empresa:

1 - Suporte nas tomadas de decisões estratégicas da empresa:

É possível auxiliar a alta administração com tomadas de decisão mais estratégicas, baseadas na probabilidade de ocorrência de um determinado risco.

2 - Identificação de oportunidades de resultados que agreguem valor à empresa:

Prevendo os eventos, é possível identificar oportunidades de melhorias, que podem resultar em ganhos interessantes para toda a empresa.

3 - Cumprimento das normas e leis do setor de atuação da empresa:

Entendendo os riscos inerentes ao negócio, é possível mapear as atividades que seguem regulações específicas ou que são submetidas a uma determinada lei, e acompanhar o seu cumprimento.

4 - Redução de custos:

Mitigando os cenários de risco, é possível ter uma redução de custos significativa, já que não será necessário reverter problemas posteriormente, não sendo necessário o investimento de tais recursos.

5 - Aumento do interesse dos investidores:

Por se tornar uma empresa com um processo de gerenciamento de riscos, os investidores aumentam naturalmente o interesse pelo negócio. Dessa forma, a empresa tem ganhos interessantes, e consegue melhorar a imagem no mercado, passando transparência, confiança e segurança ao interessados

A partir das informações acima, você já consegue ter um entendimento mais amplo sobre o que é a gestão de riscos e sobre como ela pode contribuir para a sua empresa.

Gostou desse artigo? Deixe um comentário abaixo e se inscreva em nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos.

Por Antônio Júnior, Especialista em Gestão Estratégica de Negócios e Master Trainer.


Inscreva-se em nossa NewsletterReceba todas as promoções, novos cursos e eventos em seu e-mail.
Imagem de destaque do Artigo: O Guia Básico Para Fazer a Equipe Aderir a Cultura da Empresa

O Guia Básico Para Fazer a Equipe Aderir a Cultura da Empresa

O Guia Básico Para Fazer a Equipe Aderir a Cultura da Empresa. Neste artigo, apresento o guia básico para que você consiga fazer sua equipe aderir a cultura da empresa. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo
Imagem de destaque do Artigo: 5 Formas para Capacitar seus Funcionários Gastando Pouco

5 Formas para Capacitar seus Funcionários Gastando Pouco

5 Formas para Capacitar seus Funcionários Gastando Pouco. Neste artigo, eu explico 5 formas simples de capacitar seus funcionários com pouco investimento. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo
Imagem de destaque do Artigo: As Melhores Estratégias Para Liderar a Equipe no Trabalho Remoto

As Melhores Estratégias Para Liderar a Equipe no Trabalho Remoto

As Melhores Estratégias Para Liderar a Equipe no Trabalho Remoto. Neste artigo, apresento algumas dicas que são fundamentais para exercer uma liderança assertiva no contexto do trabalho remoto. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo