Blog da AUGE

Navegue e descubra tudo o que você precisa para alcançar o próximo nível...

Imagem de destaque do Artigo: Gestão Colaborativa: Tudo o que você precisa saber para Aplicar na sua Empresa

Gestão Colaborativa: Tudo o que você precisa saber para Aplicar na sua Empresa

16/09

Gestão Colaborativa: Tudo o que você precisa saber para Aplicar na sua Empresa. Neste artigo, apresento os conceitos por trás da gestão colaborativa e explico sobre as vantagens de aplicá-la em seu negócio. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!

Conteúdo:

Não há dúvidas de que o mercado mudou. Como consequência, o ambiente corporativo e a estrutura das empresas também mudaram. Decorrente dessa mudança, muitos empresários têm se perguntado o que é gestão colaborativa. Você alguma vez já ouviu falar sobre esse tema?

Neste artigo, irei te explicar o que é gestão colaborativa, quais os principais benefícios desse modelo e como implementá-lo de forma assertiva na sua empresa. Vamos lá?

O que é Gestão Colaborativa


A gestão colaborativa nada mais é do que uma metodologia de gestão que descentraliza a tomada de decisões. É o oposto do modelo tradicional em que existe um líder responsável por tomar todas as decisões e ditar as diretrizes e regras a se seguir.

Quando falamos sobre gestão colaborativa, referimo-nos a uma gestão que foca na gestão horizontal em que os colaboradores podem participar ativamente dos processos decisórios, compartilhar suas opiniões e sugerir ideias de melhoria. Nesse modelo de gestão, os profissionais têm o mesmo nível de importância na empresa e não se sentem menos relevantes só porque não tem tanto tempo de experiência.

Alguns estudos realizados sobre os perfis de profissionais já revelaram que a nova geração de profissionais, ou seja, os Millennials e a Geração Z, prezam muito mais por ambientes de trabalho colaborativos, onde podem participar de forma ativa na empresa. Isso faz com que a gestão colaborativa se torne, então, não só uma alternativa, mas uma resposta a essa realidade.

Atenção: para uma gestão colaborativa, é extremamente necessária uma Cultura com alto índice de maturidade de todos os envolvidos na organização.

Quais os benefícios da Gestão Colaborativa


Provavelmente, você como empresário e gestor, ao ler a explicação sobre o que é a gestão colaborativa, já possa visualizar inúmeros benefícios que esse modelo pode trazer para o seu negócio. Porém, o ponto mais importante aqui é em relação aos benefícios proporcionados ao maior capital da sua empresa: as pessoas.

Isso porque se trata da criação de um ambiente mais flexível e aberto para contribuições e o compartilhamento de ideias, o que torna a rotina de trabalho mais tranquila para todos na empresa.

Esse é um ponto importantíssimo. A cada dia que passa, a nova geração de profissionais busca mais por felicidade no trabalho. Então, desejam construir uma carreira em ambientes bem alinhados aos seus valores pessoais.

A gestão colaborativa é de fato muito benéfica para as empresas. Entretanto, caso ainda tenha dúvidas sobre isso, confira abaixo alguns dos principais benefícios de sua aplicação.

1 - Produtividade e Engajamento da Equipe

Quando os colaboradores da empresa percebem que existe uma real abertura de exposição de ideias e participação nos processos e nas tomadas de decisões, é inevitável que haja aumento do engajamento e, consequentemente, de sua produtividade.

Se hoje a sua empresa emprega em sua maioria profissionais jovens, o modelo de gestão colaborativa deve ser implementado o quanto antes.

É importante entender que seus colaboradores têm expectativas quanto a empresa. Portanto, ter um modelo de trabalho que corresponda a essas expectativas é a melhor chance de manter o engajamento e produtividade elevados.

2 - Retenção de Talentos

No cenário atual, em que se têm um alto nível de competitividade, ter profissionais de alta performance é um grande diferencial para o sucesso das empresas. E, com certeza, as empresas que possuem uma gestão colaborativa têm maiores chances de recrutar e principalmente manter esses profissionais dentro de casa.

Como já abordado, os profissionais buscam cada vez mais por modelos de trabalho menos hierárquicos e mais horizontais. Se você adota o modelo de gestão colaborativa você já está mais à frente. Além disso, se você consegue manter os talentos em sua empresa, consequentemente o índice de turnover diminui consideravelmente, melhorando os resultados do negócio.


3 - Sentimento de Pertencimento

Outro grande benefício decorrente da implementação do modelo de gestão colaborativa é o sentimento de pertencimento. Isto é, os colaboradores realmente se sentem parte da organização.

Quando os profissionais estão de fato envolvidos no processo de tomada de decisões, eles se sentem mais integrados ao negócio de uma forma geral. Essa integração auxilia no fortalecimento das equipes, contribuindo para uma rotina de trabalho mais satisfatória.

4 - Aumento da Inovação e Criatividade

Se a empresa abre mais espaço para que seus colaboradores exponham suas ideias e opiniões, consequentemente um ambiente mais propício à inovação é criado.

Dez cabeças pensam mais e melhor do que apenas uma.

Empresas onde a um ambiente de inovação e criatividade são empresas que poderão garantir a continuidade do seu negócio no mercado. E a gestão colaborativa é a melhor ferramenta para criar ambientes assim.

5 - Menos barreiras para a comunicação

A falha na comunicação interna, ou a falta de comunicação, é uma das maiores causas do insucesso de muitas empresas. Por isso, criar ambientes onde exista uma gestão colaborativa é a forma mais eficaz para a melhoria da comunicação interna da empresa.

Na gestão colaborativa, todas as barreiras na comunicação se dissolvem. O resultado é que a comunicação flui melhor, pois as pessoas tendem a se sentir mais confortáveis para falar sem medo de serem julgadas ou punidas por quem está em posições hierárquicas mais altas.

Como implementar a gestão colaborativa na minha empresa?


Depois de ter compreendido o que é a gestão colaborativa e quais seus principais benefícios, é hora de entender como implementá-la na sua empresa.

Fazer a transição do modelo tradicional para o modelo de gestão colaborativa pode ser uma mudança muito grande, principalmente para as empresas cuja a estrutura é rígida a muito tempo. Por isso, o ideal é que as empresas façam a transição aos poucos.

Confira a seguir dicas essenciais para começar a fazer esta mudança acontecer no seu negócio!

1 - Compartilhe o Planejamento Estratégico

O primeiro passo a se dar na implementação da gestão colaborativa é viabilizar e garantir o acesso e conhecimento sobre o planejamento estratégico a todos os colaboradores.

Dessa forma, todos os profissionais saberão quais são as metas e objetivos de curto, médio e longo prazo e poderão trabalhar focados para atingi-los. Na gestão colaborativa, a transparência é um fator primordial.

2 - Defina as Atribuições de cada Colaborador

É muito importante não confundir a igualdade de importância de todos os colaboradores para a empresa com a ideia de que eles são iguais. Cada profissional dentro da empresa possui um conjunto de habilidades específicas, sua própria personalidade, seus pontos positivos e também suas limitações.

É por esse motivo que é importante definir as atribuições de cada um, ou seja, quem faz o quê. A definição dos papéis de cada um é primordial para que nenhuma tarefa fique sem um responsável.

Nessa etapa, uma ferramenta que pode auxiliar muito o gestor é o 5W2H.

3 - Trabalhe a comunicação

Para que a gestão colaborativa funcione bem, é imprescindível que a comunicação seja clara e assertiva. Isso porque, a partir do momento em que o modelo hierárquico se desfaz, todos os colaboradores passam a ter voz e espaço para se posicionarem. Agora esse cenário só é positivo se de fato existe uma comunicação feita de forma eficaz. Por isso, invista tempo em criar processos que facilitem a troca de informações entre todos os colaboradores.

Conclusão

Depois de todas as informações acima descritas, espero que uma coisa tenha ficado clara: a gestão colaborativa é focada nas pessoas!

Tire um tempo para analisar como está o seu quadro de colaboradores. Qual é o seu índice de turnover e o grau de satisfação dos seus colaboradores. Talvez essa seja a melhor hora para fazer as coisas diferentes e implementar um novo modelo de negócios.

Como este artigo ajudou você? Deixe um comentário abaixo e se inscreva em nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos.

Por Antônio Júnior, Especialista em Gestão Estratégica de Negócios e Master Trainer.

Inscreva-se em nossa NewsletterReceba todas as promoções, novos cursos e eventos em seu e-mail.
Imagem de destaque do Artigo: 07 Práticas Básicas para Aumentar sua Capacidade de Delegar

07 Práticas Básicas para Aumentar sua Capacidade de Delegar

07 Práticas Básicas para Aumentar sua Capacidade de Delegar. Neste artigo, apresento 07 práticas básicas que farão você aumentar a sua capacidade de delegar tarefas. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo
Imagem de destaque do Artigo: Lucro e Faturamento: Saiba a Importância de Entender as Diferenças

Lucro e Faturamento: Saiba a Importância de Entender as Diferenças

Lucro e Faturamento: Saiba a Importância de Entender as Diferenças. Neste artigo, explico a diferença entre lucro e faturamento e de que maneira eles podem ser aplicados na sua empresa. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo
Imagem de destaque do Artigo: O Microgerenciamento está acabando com a sua Empresa

O Microgerenciamento está acabando com a sua Empresa

O Microgerenciamento está acabando com a sua Empresa. Neste artigo, explicamos sobre o que é, quais as causas e como o microgerenciamento pode prejudicar a gestão da sua empresa. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo