Blog da AUGE

Navegue e descubra tudo o que você precisa para alcançar o próximo nível...

Imagem de destaque do Artigo: Como Criar e Implementar uma Cultura Forte na sua Empresa

Como Criar e Implementar uma Cultura Forte na sua Empresa

02/11

Como Criar e Implementar uma Cultura Forte na sua Empresa. Neste artigo, apresento todas as informações necessárias para que você consiga desenvolver uma cultura organizacional forte para o seu negócio. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!! 

Conteúdo:

Você sabe o que é cultura organizacional e qual a importância de implementá-la em sua empresa? Seja qual for o momento vivido pela sua empresa hoje, se você deseja continuar obtendo bons resultados, é primordial que você priorize a criação e implementação de uma cultura forte na sua empresa.

A fim de te ajudar a desenvolver uma cultura organizacional forte para o seu negócio, escrevi esse artigo com todas as informações necessárias para você começar hoje mesmo. Vamos lá?

O que é uma cultura organizacional?


Em sua essência, a cultura organizacional nada mais é do que um sistema de valores compartilhados que direcionam as ações de uma organização. Ou seja, ela é o resultado dos comportamentos e das interações dos colaboradores de uma empresa.

Como a cultura organizacional é um conceito que envolve a rotina, o comportamento e a mentalidade de toda a empresa, é impossível dizer se ela está certa ou errada, isso porque ela representa a organização de forma particular, o que pode tornar a empresa única.

Entretanto, em momentos em que a empresa começa a crescer rapidamente, é possível identificar se a cultura está forte ou não. O que quero dizer é que, se a cultura for fraca, ela não conseguirá acompanhar a velocidade do crescimento da empresa e, nesses casos, os problemas começaram a surgir fazendo com que a empresa estagne ou regrida.

Qual a importância da cultura organizacional para sua empresa?


É justamente pelo fato de querer manter a empresa crescendo de forma exponencial que a cultura organizacional é tão importante. Ela é o guia para as tomadas de decisões e para a execução de todas as ações da empresa.

Quando se constrói uma cultura organizacional forte, é possível auxiliar e potencializar o desenvolvimento do capital humano da sua empresa. Isso porque a cultura organizacional permite o alinhamento das expectativas da empresas referente aos seus colaboradores, ou seja, os colaboradores, por meio da cultura, entendem qual a melhor forma de agir em cada tipo de situação.

A cultura organizacional forte e bem definida gera um ambiente mais saudável para a empresa, além de maximizar os diferenciais competitivos e reter seus melhores talentos.

No entanto, quando a cultura organizacional de uma empresa não é bem definida e é fraca, é comum aparecerem diversos problemas como o choque de valores e a falta de comprometimento.

Tipos de cultura organizacional


Existem divergências entre alguns autores sobre quais são os tipos de cultura organizacional. Portanto, não existe uma única forma de classificá-la. Trago para você leitor o conjunto mais utilizado, que é do filósofo Charles Handy, que divide a cultura organizacional em quatro tipos:

1 - Cultura do poder:

A cultura do poder é geralmente vista em empresas centralizadas, ou seja, onde há apenas um líder que toma todas as decisões. É muito comum em empresas onde a figura do dono é forte.

Uma das características desta cultura nas empresas é a disposição para estimular a competitividade entre os colaboradores a fim de atingir os objetivos propostos pela empresa.

2 - Cultura de tarefas:

A cultura de tarefas quase sempre é adotada por empresas que buscam ter profissionais específicos para cada tipo de tarefa, o que acaba trazendo bastante conhecimento para o negócio.

O foco deste tipo de cultura é a solução de problemas. E, como a cultura de tarefas valoriza a liberdade de expressão e de ideias, a motivação e a solução de problemas se torna muito mais simples.

A equipe e a empresa possuem fluxos de trabalhos bastante flexíveis e o ritmo da rotina é ditado pelas circunstâncias.

3 - Cultura de pessoas:

A cultura de pessoas já revela o seu foco, PESSOAS.

Essa cultura coloca os colaboradores no centro de suas decisões e ações. Dessa forma, eles passam a ter espaço para crescer e se desenvolver, além de terem a chance de sugerir ideias que serão ouvidas e respeitadas.

Outro diferencial de empresas que possuem a cultura de pessoas é o fato de terem planos de carreira e medidas de retenção de talentos. Elas também se empenham em formar seus próprios líderes ao invés de contratar fora.

4 - Cultura de papéis:

A cultura de papéis é extremamente focada nos papéis/funções que serão desempenhados pelos profissionais da empresa.

Nesse tipo de cultura, não existe tanta flexibilidade na execução de tarefas para os colaboradores, pois a empresa possui uma estrutura hierárquica muito bem definida. O profissional realmente só exerce o que lhe foi determinado.

Outra característica da cultura de papéis é quase inexistência de uma comunicação interna entre os profissionais e setores já que todos já tem conhecimento de suas obrigações.

Como eu disse no início desse tópico, essa composição de tipos de cultura é de acordo com o que o filósofo Charles Handy define, porém, o autor Roger Harrison escreveu em seu artigo publicado na Harvard Business Review que existem ainda outras duas divisões, a cultura de processo e a cultura de trabalho duro.

Vantagens da cultura organizacional para sua empresa


Agora que você compreende os conceitos, a importância e os tipos de cultura organizacionais existentes, vamos às principais vantagens visíveis de uma cultura organizacional forte.

Alinhamento e engajamento da equipe

O alinhamento e o engajamento da equipe são fatores que deveriam ser cultivados em qualquer empresa, porém, a verdade é que somente empresas com a cultura organizacional forte o fazem.

Quando a empresa possui uma cultura forte definida, seus objetivos se tornam claros tanto no contexto geral, quanto para cada profissional da empresa. Os colaboradores não têm dúvidas sobre qual papel exercer para auxiliar no crescimento do negócio.

Essa clareza quanto às ações que precisam ser desempenhadas por cada um torna factível a criação de hábitos organizacionais o que, por sua vez, impacta positivamente na produtividade da empresa.

Além disso, uma cultura forte na empresa transmite aos colaboradores que suas opiniões sejam ouvidas e que não existem punições por sugerir melhorias. Isso cria um ambiente colaborativo onde a inovação contínua acontece.

Estabilidade e redução do turnover

Outra vantagem que pode ser alcançada por meio da implementação de uma cultura organização forte é a redução do turnover na empresa.

O turnover se trata de um indicador que busca apurar qual a taxa média de entrada e saída de funcionários de uma empresa. Ou seja, ele calcula o número de colaboradores que saíram e entraram na empresa durante um período específico.

Colaboradores que compartilham de um propósito e de um objetivo alinhado a empresa são colaboradores que não querem ir embora.

Como criar e implantar a cultura organizacional?


Assim como em qualquer outra implementação em uma empresa, não existe uma receita de bolo pronta para criar e implementar uma cultura organizacional forte. No entanto, existem algumas ações que funcionaram muito bem para outras empresas e pode funcionar para a sua. Mas, lembre-se: para a cultura organizacional ser forte, ela deve primeiro estar alinhada aos valores e ações de toda a empresa.

Confira a seguir os passos para conseguir criar e implantar uma cultura organizacional forte:

1 - Avalie o modus operandi da empresa

O primeiro passo para criar uma cultura organizacional forte é avaliar o modus operandi da empresa.

Busque identificar se a empresa já possui um modo pelo qual desenvolve e/ou opera suas atividades. Caso haja, esses hábitos, diretrizes e processos devem ser integrados à cultura organizacional. Geralmente, esses hábitos e diretrizes são estabelecidos sem uma definição prévia, ou seja, é feito sem perceber, a empresa faz as coisas de forma padrão.

2 - Defina o DNA da empresa

O segundo passo é definir ou reavaliar os pilares da criação da empresa, ou seja, a missão, a visão e os valores. São eles que nortearam os próximos passos da criação de uma cultura organizacional forte. Por isso, é essencial que eles estejam integrados a cultura, seguindo os objetivos da empresa a fim de envolver e engajar toda a equipe.

Para definir o DNA da empresa, considere: missão, visão e valores. Caso tenha alguma dificuldade para entender o que significa cada um desses nomes, acesse o link abaixo.

A importância de um Mapa Estratégico.

3 - Divulgue a cultura organizacional pela empresa

Depois de obter a estrutura da sua organização, o próximo passo é colocar em prática. Coloque toda a estrutura da cultura organizacional em prática e divulgue por toda empresa, não deixe nenhum setor de fora. Esta etapa é fundamental para o fortalecimento e continuidade do trabalho iniciado.

Lembre-se que é muito importante destacar todas as regras expressas e implícitas nessa cultura organizacional. Para que a cultura seja lembrada e enraizada na organização, ela precisa de ser vista. Caso sinta que é viável, utilize recompensas e advertências.

Conclusão

O que desejo que você entenda a partir da leitura desse artigo é que criar e implementar uma cultura organizacional forte não é apenas sobre tornar o ambiente da empresa um lugar mais saudável, mas sim sobre traçar objetivos estratégicos, saber onde a empresa quer chegar e fazer do percurso o mais agradável possível.

Gostou desse artigo? Deixe um comentário abaixo e se inscreva em nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos.

Por Antônio Júnior, Especialista em Gestão Estratégica de Negócios e Master Trainer.


Inscreva-se em nossa NewsletterReceba todas as promoções, novos cursos e eventos em seu e-mail.
Imagem de destaque do Artigo: 07 Práticas Básicas para Aumentar sua Capacidade de Delegar

07 Práticas Básicas para Aumentar sua Capacidade de Delegar

07 Práticas Básicas para Aumentar sua Capacidade de Delegar. Neste artigo, apresento 07 práticas básicas que farão você aumentar a sua capacidade de delegar tarefas. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo
Imagem de destaque do Artigo: Lucro e Faturamento: Saiba a Importância de Entender as Diferenças

Lucro e Faturamento: Saiba a Importância de Entender as Diferenças

Lucro e Faturamento: Saiba a Importância de Entender as Diferenças. Neste artigo, explico a diferença entre lucro e faturamento e de que maneira eles podem ser aplicados na sua empresa. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo
Imagem de destaque do Artigo: O Microgerenciamento está acabando com a sua Empresa

O Microgerenciamento está acabando com a sua Empresa

O Microgerenciamento está acabando com a sua Empresa. Neste artigo, explicamos sobre o que é, quais as causas e como o microgerenciamento pode prejudicar a gestão da sua empresa. CLIQUE NO LINK E CONFIRA!!!...

Ver artigo completo